segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

O Nada

Só sei que nada sei.

O nada nada no ar,
a água banha o mar
e a chuva chove chaves,
chaves que abrem o céu.
A nuvem negra navega
como um negro véu
e esconde o brilho do sol.

O sol que quebra o céu
ilumina a tua casa
a TV te vê parada
olhando para o nada
que nada feliz no céu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Falhe conosco