quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Concurso de microcontos

Saiu há alguns dias a classificação do Prêmio Literário Cidade de Porto Seguro, onde meu microconto ficou em segundo lugar. Reproduzo a minha cria abaixo:



Ernesto e os sábados

Todos os sábados à tarde, Ernesto tinha o costume de sentar-se na rede e ler seus livros preferidos. Contudo, naquela tarde havia encontrado um livro que não recordava ter comprado. Fitou-o e o escolheu como a leitura do dia. Era a história de um homem que, todos os sábados à tarde, tinha o costume de sentar-se na rede e ler seus livros preferidos. Seu nome era Ernesto.

Leu o primeiro parágrafo e ficou paralisado. Todos os livros lidos em sua vida – e sua própria vida – passaram em dois minutos em frente a seus olhos. Os sentimentos eram vários, mas em pouco tempo Ernesto sentiu a felicidade de uma sensacional descoberta e ao mesmo tempo a tristeza decepcionante das derrotas. Havia revelado o sentido de sua vida, a origem de todos ao seu redor. E também o desalento de descobrir-se um mero personagem literário.

E o pior, tinham chegado ao final do livro.

6 comentários:

  1. Eu falei que esse guri tinha talento!

    ResponderExcluir
  2. Uau, meus parabéns! O seu microconto ficou muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Quem sai aos seus não degenera....orgulho!

    ResponderExcluir
  4. Olá, vim agradecer a visita ao Fio, passeei pelo seu blog e parei aqui para comentar bem, pq Ernesto é o nome do meu filho. Parabéns pelo conto e pelo resultado do concurso.

    Abraço

    ResponderExcluir

Falhe conosco