terça-feira, 17 de novembro de 2009

Shakespeare


"DESDÊMONA - Estou certa de que meu nobre esposo me considera honesta.

OTELO - Oh, sim! Sem dúvida! como as moscas no açougue, que recebem vida da podridão. Ó erva daninha, tão bela ao parecer e tão cheirosa que ofendes os sentidos! Oh! se nunca tivesses vindo ao mundo!"

Iago é o mais vil dos biltres. E Shakespeare é legal.

No fundo, no fundo, me divirto com tudo isso. Mas o fundo, é o outro lado. Que começa.

Um comentário:

Falhe conosco